MB Review: Bestiarius #01


Bestiarius

Em andamento com 4 volumes. Do mesmo autor de Hideout e Green Blood, Masasumi Kakisaki.

Sinopse: Ano 85 depois de Cristo, o poderoso império romano estava no seu apogeu, crescendo e estendendo seus tentáculos por todo o território europeu, até o momento que resolveram invadir a terra das bestas.

Eram chamados de “bestiários”, indivíduos cuja profissão era digladiar com as inúmeras bestas. Mas além das bestas, os escravos, criminosos e prisioneiros, dos países dominados pelos romanos, também participavam das batalhas realizadas no Coliseu. Aos gladiadores só restavam duas opções: ganhar a batalha, e sobreviver por mais um dia, ou perecer.
Mas poderá surgir um sentimento de amizade entre humanos e bestas ou apenas ódio e morte?

Crítica: 

Mangá em 04 edições e ainda em publicação lançado pela Panini que mostra o embate de humanos, orcs, minotauros, dragões e seres mitológicos nas Arenas Romanas apenas para o divertimento dos governantes.

Arte e Desenhos: Na primeira vista o que realmente chama a atenção do mangá é a arte sensacional do autor Masasumi Kakizaki que trabalha com uma arte mais suja semelhante ao já cultuado mangá Hideout publicado em 2010 no Japão e em 2014 pela Panini Brasil.


Edição e Capa: O mangá carrega o mesmo capricho de sempre das edições gourmet atuais da Panini: Papel Offset, Capa com acabamento especial e orelhas e preço especial para venda nas lojas virtuais que sempre costumamos comprar.

História e Desenvolvimento: Nas primeiras páginas acreditamos que iremos ler mais uma história de vingança de humanos x feras. Mas na realidade vemos o nascimento de laços que são muitas vezes inimagináveis para a sociedade medieval da época mas que realmente foi talhada na alma destes principais personagens.
Vemos humanos num momento se digladiando pela vida com seres mitológicos e em outros lutando em prol do mesmo ideal: A Liberdade dos Escravos em Roma.

Gostei da edição #01. Achei que tem uma pegada meio Game of Thrones e como a minha leitura foirealizada sem nenhum spoiller tive várias surpresas positivas. Presenciei parcerias inusitadas, lutas selvagens, personagens até que cativantes e com motivações que me pareceram verdadeiras e críveis para o mundo fantástico e fantasioso da época.

Preferi fazer um review menos abrangente e sem citar nomes dos principais personagens para não tirar o brilho de quem ainda não teve a oportunidade de ler Bestiarius.

Ponto Negativo: Panini lançar um mangá ainda em publicação e sem previsão de conclusão e com seu histórico negativo de cancelamentos.

Conclusão: Gostei da edição, recomendo para quem esta na dúvida da compra e que venha a próxima edição!  

Bestiarius #01 – de Masasumi KakizakiFormato 13,7×20 cm, 208 páginasPeriodicidade: BimestralPreço: R$ 15,90Panini Mangas
E vocês o que acharam da edição nacional de Bestiarius?
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *