Vencedores do Sugoi Japan Awards 2017


O jornal Yomiuri Shimbun publicou os vencedores de seu Prêmios Sugoi Japan 2017 nessa quinta-feira. O projeto promove obras culturais pop que os fãs sentem mais merecedores da atenção estrangeira.  

Divididos em quatro categorias – anime, manga, light novels e “novels de entretenimento” – os prêmios promovem as obras que têm a “universalidade”, “originalidade” e “potencial” para serem grandes sucessos internacionais. O prazo é os últimos 3,5 anos, exceto para anime, que é apenas a partir do ano passado.

Série Anime

    01.) Re: Zero (dirigido por Masaharu Watanabe, animação pela White Fox)
    02.) Boku dake ga Inai Machi (ERASED) (dirigido por Tomohiko Ito, animação pela A-1 Pictures)
    03.) Joker Game (dirigido por Kazuya Nomura, animação pela Production I.G)
    04.) One-Punch Man (dirigido por Shingo Natsume, animação pela Madhouse)
    05.) JoJo’s Bizarre Adventure: Diamond Is Unbreakable (dirigido por Naokatsu Tsuda, animação pela david production)

Série Mangá

    01.) My Hero Academia, por Kohei Horikoshi, pela Shueisha.
    02.) Golden Kamuy, por Satoru Noda, pela Shueisha.
    03.) 10 Count, por Rihito Takarai, pela Shinshokan.
    04.) Dagashi Kashi, por Kotoyama, pela Shogakukan.
    05.) Mahotsukai no Yome, por Kore Yamazaki, pela MAG Garden.

Série Light Novel

    01.) Re: Zero , escrito por Tappei Nagatsuki, ilustrada por Shinichirou Otsuka, publicada pela Kadokawa.
    02.) KonoSuba, escrito por Natsume Akatsuki, ilustrada por Kurone Mishinma, publicada pela Kadokawa.
    03.) Half or yes or no, escrito por Michi Ichiho, ilustrada por Lala Takemiya, publicada pela Shinshokan.
    04.) Qualidea Code, ilustrada por vários autores e artistas, publicada pela Shueisha, Kadokawa e Shogakukan.
    05.) GODS’ WISHGRANTER, escrito por Natsu Asaba publicada pela Kadokawa. 

 “Novels de Entretenimento”

    01.) Kimi no Na wa. (your name.), por Makoto Shinkai, pela Kadokawa.
    02.) Danganronpa Kirigiri, escrito por Takekuni Kitayama, ilustrada por Rui Komatsuzaki, publicada pela Star Seas Company.
    03.) CONVENIENCE STORE WOMAN AND OTHER STORIES, por Sayaka Murata, pela Bungeishunju.
    04.) How Many Miles to the Truth, por Honobu Yonezawa, pela Tokyo Sogensha.
    05.) THE FOREST OF WOOL AND STEEL, por Natsu Miyashita, pela Bungeishunju.

O ano passado a categoria anime foi ganha por Shigatsu wa Kimi no Uso, o melhor manga foi One-Punch Man, a melhor novel foi Shisha no Teikoku e a melhor light novel foi Danmachi.

Fonte: Otaku PT e ANN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *