MB Review: Bungo Stray Dogs #01

Bungo Stray Dogs foi um dos novos lançamentos da Editora Panini em dezembro de 2018. Bungo Stray Dogs é escrito por Kafka Asagiri e possui arte de Sango Harukawa, e é publicado mensalmente na revista Young Ace da Kadokawa. Até o momento possui 16 volumes compilados no Japão.

A história começa com o jovem Atsushi Nakajima quase morrendo de fome ao ser expulso do orfanato onde vivia. Ao decidir lutar para viver, nem que tivesse que roubar a primeira pessoa que passasse na sua frente, encontra um homem se afogando no rio. Atsushi o salva, imaginando até que ganharia uma recompensa pelo ato, mas o afogado Osamu Dazai, estava tentando se suicidar.

Osamu Dazai e seu colega Doppo Kunikida fazem parte da “Agência de Detetives Armados”, uma agência especializada em incidentes perigosos, onde a maioria de seus membros possuem habilidades especiais. Na ocasião, os dois estavam atrás de pistas sobre um tigre que estava atacando a região há umas semanas. Assim, Atsushi é forçado a acompanhar os dois detetives nas investigações.

Achei o título interessante, tranquilo de ler, e deixa uns ganchos no final do volume para que os leitores queiram ler o próximo. Uma coisa que me chamou a atenção é que parece que o título pulou aquelas partes iniciais de casos por capítulos para apresentar as personagens, e logo já mostra um vilão que deve nos acompanhar por alguns volumes (além de nos mostrar um dos sete mistérios da Agência).

Gostei que os autores nomearam suas personagens com nomes de poetas japoneses famosas, e as habilidades de cada personagem é relacionada à algum poema do autor. Interessante, pois influencia os leitores a procurarem os poemas originais, e conhecer mais de sua literatura. Ponto positivo para a Editora Panini, que no glossário apresenta as informações dos nomes das personagens, incluindo as referências da publicações desses poemas em português.

Sobre a edição da Panini, Bungo Stray Dogs possui tamanho de 13,7x20cm, capa fosca e papel off-white. O papel está muito bom, e não notei em minha leitura nenhum erro de grafia na história, porém existe uma página dupla trocada (página da direita na esquerda e página da esquerda na direita). O mangá custa R$22,90, e já está à venda na loja online da Panini.

Exemplar cedido gentilmente pela Editora Panini.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.