MB Novel Sword Art Online – Aincrad (Novel) #001

Sword Art Online foi a primeira Light Novel da Editora Panini, lançada em dezembro de 2018. Escrita por Reki Kawahara, com ilustrações de abec, a novel é um fenômeno da literatura infanto/juvenil japonesa com mais de 20 milhões de cópias vendidas mundialmente.
Sinopse: Na história de Sword Art Online, o cientista prodígio Akihiko Kayaba cria o jogo que dá o título à trama, o primeiro jogo de realidade virtual on-line para multijogadores (VRMMO). Mas, o que os jogadores não sabem é que, uma vez que se entra, não se pode sair até a conclusão do jogo, e quem morre dentro do jogo, também morre na vida real. Assim, nós acompanhamos Kirito, um jogador que participou do beta test, sobrevivendo dentro do mundo de Aincrad.

Eu já assisti Sword Art Online faz um tempinho, e percebo algumas diferenças entre a versão animada e a versão escrita. O primeiro detalhe que eu não lembro de ter percebido na série animada é de como os avatares/personagens conseguem executar as Técnicas de Espada sem nenhum treinamento formal na técnica, e no livro é explicado que eles somente começam o movimento, e o sistema do jogo se encarrega do restante dos movimentos. Faz sentido, ponto para o autor.

Na história, temos Kirito jogando solo no 74° andar, onde ele nos apresenta os principais detalhes sobre batalhas dentro do jogo, como inimigos e o que são Técnicas de Espada. Mas já no capítulo seguinte, temos uma reminiscência para o dia de lançamento de Sword Art Online, onde 10.000 jogadores estavam aproveitando o jogo, mas são forçados a voltar à Cidade do Início, onde são avisados de que não poderam sair do jogo até completá-lo, correndo o risco de morrer caso sejam desconectados ou caso morram no jogo. Aqui temos um outro ponto que eu não lembrava na série, mas conseguimos ver claramente que Klein é um líder, esperando seus amigos para ajudá-los a sobreviver no jogo.
Logo depois temos o primeiro encontro no livro das persoangens principais, Kirito e Asuna, onde ele pede para ela cozinhar um item raro que ele conseguiu. Aqui temos outra diferença que eu notei, pois o Kirito fica muito mais desconfortável com a presença da Asuna, quase um bobalhão, e temos a Asuna já demonstrando interesse no Kirito.
Sobre a edição da Panini, Sword Art Online tem um formato diferenciado: com 14x21cm, capa com orelhas, páginas coloridas em couché e miolo em pólen. O preço de capa foi definido como R$39,90.
Mas poxa Reki, a Asuna é uma personagem tão interessante, e a foto de introdução dela você utiliza ela dizendo somente “Kirito-kun”.

Exemplar cedido gentilmente pela Editora Panini.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.