MB Review: Crimsons – Um Battle Shonen sobre…SALMÃO???

Já pararam pra pensar que maluquice seria se algum japonês resolvesse pegar todo o ciclo de vida de um salmão e transformasse isso em um Battle Shonen? Pois é, meus amigos, foi exatamente o que aconteceu!
De autoria de Takanori Kanno, ‘Crimsons – Akai Koukaishatachi’, foi publicado originialmente em 2011, na revista Club Sunday da editora Shogakukan. A obra está completa em 4 volumes.

Shintaro e seus companheiros salmões vivem em um pequeno lago há gerações. Cansados de serem alimento para os peixes maiores, eles decidem fazer um movimento ousado e ir para o mar, onde eles ouviram em histórias, ser um lugar vasto e com grande abundância de comida. Shintaro leva seus amigos para o mar, mas logo eles percebem que o lago onde viveram, era bem mais seguro.

Na jornada para o oceano, é óbvio que Shintaro e seus companheiros vão passar por muitos perrengues. Vai ter luta, porradaria, fuga de predadores naturais, pescadores, drama…E por mais que esse mangá não seja de comédia, é inevitável não dar uma gargalhada quando paramos para pensar em: “Estou lendo um mangá sobre salmões”.

 Também é interessante ressaltar, que os traços hora são extremamente realistas, desenhando o salmão como ele realmente é, mas em certos momentos os peixes recebem algumas características meio “humanas”(ao menos para os padrões de um mangá), o que torna a situação ainda mais engraçada. Um bom exemplo disso que estou falando, está no quadro que postarei abaixo, onde uma personagem leva um tapa na cara (?), e no momento do tapa, ela está desenhada como um salmão comum, mas no quadrinho seguinte, a reação dela é como se fosse a de uma protagonista de Shoujo ao levar um tapa do personagem do qual ela é apaixonada.

Sim, os personagens do mangá usam acessórios como tiaras e óculos.
Infelizmente, o mangá não está disponível em português, seja de maneira legal ou mesmo por scans. A obra também não foi licenciada nos Estados Unidos, porém, se você sabe inglês, é possível encontrar esse mangá traduzido por completo no idioma, por meios alternativos.
Crimsons não será um dos melhores mangás que você leu na vida, nem é aquele que você vai sempre se lembrar e indicar pros amigos (até porque seus amigos não estão preparados para isso), mas com certeza vale a leitura, por se tratar de um tema completamente inusitado, com bons momentos, personagens carismáticos, e uma arte decente. Sem dúvida alguma eu recomendo que reservem um fim de semana, e leiam esse mangá. Ou recomendem para as scans de sua preferência, para que possam traduzir a obra para o português, pois é praticamente impossível que essa obra venha para o Brasil de maneira oficial, por mais que me doa admitir isso.
Bom, é isso! Espero que tenham gostado da indicação e até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.