Kengan Ashura: Um prato cheio para quem gosta de artes marciais e violência desenfreada.

Já tem um tempo que a Netflix vem investindo forte no mercado de animes no Brasil, com um catálogo que vai agradar de gregos a troianos. Além disso a plataforma de stream tem lançado títulos em seu selo e Kengan Ashura é um desses.

Kengan Ashura é um anime baseado no mangá de Yabako Sandrovich e ilustrado por Daromeon, com total de 28 volumes. Pegando uma sinopse bem básica do Wikipedia EN

”Desde os períodos Edo do Japão, as arenas de gladiadores existem de várias formas em todo o mundo. Nessas arenas, ricos empresários e comerciantes contratam gladiadores para lutar em combate desarmado, onde o vencedor leva tudo. Tokita “Ashura” Ohma se junta a essas arenas e devasta seus oponentes. Sua capacidade espetacular de esmagar seus inimigos chama a atenção de grandes empresários, incluindo o CEO do Nogi Group, Nogi Hideki.” 

Kengan Ashura é um anime baseado no mangá de Yabako Sandrovich e ilustrado por Daromeon, com total de 28 volumes. Pegando uma sinopse bem básica da obra:
”Desde os períodos Edo do Japão, as arenas de gladiadores existem de várias formas em todo o mundo. Nessas arenas, ricos empresários e comerciantes contratam gladiadores para lutar em combate desarmado, onde o vencedor leva tudo. Tokita “Ashura” Ohma se junta a essas arenas e devasta seus oponentes. Sua capacidade espetacular de esmagar seus inimigos chama a atenção de grandes empresários, incluindo o CEO do Nogi Group, Nogi Hideki.” 

O anime consta com 24 episódios no momento é um prato cheio para quem gosta de artes marciais e violência desenfreada, sim o anime é regado a porradaria sem limites. Dentro desse campeonato organizado pelas maiores corporações do mundo, temos inúmeros estilos e personagens. Um forte da obra é a profundidade que boa parte dos participantes acabam ganhando em suas lutas. Não consigo lembrar um lutador que não tenha sido trabalhado na pré luta, para que você conseguisse pelo menos torcer por ele. Se importar já é outro assunto haha.Devo admitir que o protagonista foi um dos que menos me chamou atenção. Temos tantos personagens bons e interessantes com suas nacionalidades e backgrounds que você acaba colocando o Tokita para escanteio, pelo simples fato que ele é seboso demais. 

Para quem não é muito fã de animes 3D, talvez não consiga apreciar a animação feita pelo estúdio Larx Entertainment. O anime se passa praticamente todo em CGI e com poucas cenas em 2D. Um destaque interessante para Kazuo Yamashita, vamos dizer que o ”segundo” protagonista da obra. Suas caras e bocas e seu jeitão peculiar é uma graça a um anime banhado a sangue e costelas quebradas. Outro ponto que pode deixar alguns com o pé atrás, é a oscilação entre luta pé no chão com coisas mais viajadas (algumas lutas e personagens fogem um pouco da realidade). Mas no geral é um deleite para quem gosta de animes de luta. Irei continuar assistindo, já vi pela internet pessoas falando que o mangá é melhor, não sei, porque não cheguei a ler, mas para quem quiser procurar. A obra ainda não é licenciada no país, então o jeito são os scans. Kengan Ashura é um anime recomendado para 18+ pela sua sequência arrebatadora de lutas sem o minimo de regras haha. Confiram o trailer.

OBS: Sua OP e END são muito boas, já estão na minha playlist. Confiram também.MY FIRST STORY – KING & ASHLEY

BAD HOP – Born This Way

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.