Calibur, a nova aventura de SAO

Sword Art Online – Calibur é uma nova história de SAO publicada pela Editora Panini em 2020. Baseado na história original de Reki Kawahara e design de personagens de abec, a versão de CSY foi publicada na Dengeki G’s Comic, da ASCII Media Works em 2014 e 2015, compilando toda a história em um volume único. Cronologicamente, a história se passa logo após os eventos de Phantom Bullet, e fazem parte do volume 8 da Light Novel original.

Sinopse: Kirigaya Kazuto – mais conhecido como Kirito – lê um artigo informando que Excalibur, a espada sagrada, foi encontrada escondida dentro de Alfheim Online. Ele e seus amigos partem para uma caça ao tesouro repleta de mistérios e aventuras. Lá, eles são recebidos pela deusa Urd e incubidos de salvar seu mundo. Os gigantes de gelo invadiram Jotunheim, sua casa, e trazem morte e destruição em seu caminho. Se Kirito e sua turma chegarem ao final do castelo e retirarem a espada da pedra, o reino voltará a fica em paz!

O mangá começa com Kirito desanimado por descobrir que encontraram Excalibur, a espada sagrada, que ele criou no final de Fairy Dance. Porém terminando de ler a notícia, ele descobre que a espada só foi encontrada, mas ainda não obtida, já que ela era recompensa de um castelo voador em Jotunheim, e nesse mundo não é permitido voar. Kirito reune seus amigos e partem para Jotunheim, onde recrutam um amigo, Tonky, o deus maligno em forma de molusco do reino, que pode ajudá-los a voar até o castelo. Logo depois eles são visitados pela deusa Urd, que os explica sua missão e sua urgência, pois caso eles não recuperem a Excalibur, que cortou os laços do reino com a árvore Yggdrasil, o rei de Nilfheim destruirá Jotunheim e invadirá Alfheim da mesma maneira que ele invadiu Jotunhiem.

Dentro do castelo a história é um tanto apressada, no primeiro andar (de quatro andares) tem dois chefões em que somente um recebe dano de ataques físicos, enquanto o segundo é resistente, e o segundo ainda permite segurar os ataques para que o primeiro se recupere. Infelizmente o grupo de Kirito é majoritamente formado por personagens de dano físico, então só os resta conseguir conectar ataques de habilidade de espada com elementais para que os chefes não troquem de lugar. Nisso Kirito consegue conectar vários ataques trocando de mão. Não é a empunhadura dupla que ele tinha no primeiro jogo, mas tão apelona quanto. Mesmo assim eles não conseguem finalizar o chefe, mas vem a Asuna, que estava de suporte, para dar o golpe final. O segundo chefe é facilmente derrotado, com direito até pose de Sentai!

Não temos muitos detalhes dos andares seguintes, somente uma brincadeira com o peso da Leafa. Ao final do terceiro andar, o grupo encontra uma prisioneira, e por mais que todos concordem ser uma armadilha, Klein não consegue deixá-la para trás e eles acabam levando-a ao chefe final. Não entrarei em detalhes dessa luta, exceto a participação imprescindível da Sinon no auxílio da derrota do chefe.

Falando sobre o mangá: ele é bem focado na definição do harem do Kirito (mais o Klein), apresentando a Sinon como nova membro do harem, nas ajudas dessa, e também nos ciúmes das outras garotas. A história é simples, e assim apressada para caber em um único volume, apesar de que eu não acho que na animação foi muito diferente do que é mostrado no mangá. O autor, e ele diz isso explicitamente nos comentários ao final do volume, ele desenhou com foco em bumbums e peitos, além de alguns fanservices eróticos desnecessários. Sword Art Online – Calibur é mais voltado a quem quer completar a coleção de mangás de SAO, nada imprescindível, já que uma das poucos adições da história é a espada. Quem não conhece terá um pouco de dificuldade em saber quem são as personagens, mas nada que influencie muito no foco da história.

A light novel original de Sword Art Online é publicada no Brasil pela mesma editora do mangá, e já possui 3 volumes lançados aqui. O mangá é publicado em fases, e já possui 9 volumes lançados no Brasil (Aincrad com 2 volumes, Fairy Dance com 3, Phantom Bullet com também 3 volumes, e Calibur, volume único). Sword Art Online – Calibur foi publicado em julho de 2020, com 224 páginas, sendo 2 coloridas, tamanho 13,5 x 20 cm, papel offwhite, preço R$22,90, e acompanha um marcador de páginas.

Onde comprar: SAO – Calibur

Volume cedido gentilmente pela editora.

Fontes: MangaUpdates

Fandom

Guia dos Quadrinhos

Mangás Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.