MB Review: A versão do Midoriya universitário… e vigilante!

Vigilante – My Hero Academia Illegals é o segundo spin off de Boku no Hero Academia, que conta a estória dos vigilantes, heróis sem licença.Começa com Koichi Haimawari que tem o desejo de ajudar a população, mas por ter um dom considerado comum, não pode se tornar um super herói. Koichi age como vigilante, ajudando pessoas ao anoitecer, sendo conhecido com “Nice Guy”, até que um dia ao tentar salvar Pop Step – uma aspirante a idol – de um possível estupro, ele conhece Knuckleduster, um vigilante sem poderes.

Vigilantes tem um enredo bem interessante pra quem já acompanha o original, é bem divertido e cheio de referências e semelhanças. Se passa um pouco antes da estória e tem a presença de diversos heróis e professores. Nesse primeiro volume, o Aizawa (se entendi bem, antes de se tornar professor). Um ponto bastante positivo desse mangá são os personagens, eu realmente não sei se algum não me cativou. Koichi, uma versão universitária do Midoriya, é o personagem que de cara é do tipo engraçado, mas que tem uma motivação e mesmo seu dom sendo considerado “fraco” ele tenta ajudar as pessoas, e é isso que realmente aprendemos que é ser um herói, aquele que está disposto a ajudar a qualquer momento. Knuckleduster, a também versão do All Might (tem até uma referência, haha) é um cara bem interessante e acima de tudo bem “humano”, ele não tem poderes, mas apesar disso é muito forte. As interações dele com os outros personagens são todas bem interessantes, é o personagem que mais me chamou atenção até então. Pra completar o trio, temos a Pop Step, no começo ela parece apenas superficial com esse desejo de se tornar idol, mas a cada capitulo eu me surpreendi mais com ela e estou ansiosa pros próximos.

A arte de Vigilantes é bem parecida com a de My Hero, o design dos personagens é um pouco diferente, mas todos são bem interessantes. E uma coisa que foi muito engraçada foram todas as referências no mangá, são alguns easter eggs e são bem divertidos de encontrar.Vigilantes foi uma mangá que gostei bastante de ler, bem divertido (sim, vou repetir pela vigésima vez) e despretensioso, nem parece um spin off se você começar por aqui e isso é algo bem surpreendente, pois, geralmente precisa ter um certo conhecimento.Vigilante: My Hero Academia Illegals é publicado bimestralmente pela JBC, em formato 13,2 x 20 cm, com capa cartão e papel Snow pelo preço de R$27,90. Acompanha marcador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.