MB Explica: Fireworks

 Olá a todos!

Vocês viram que a NewPOP anunciou nessa sexta-feira (29/01/21) o lançamento da novel Fireworks: Luzes vistas de lado. “Mas a NewPOP já não publicou essa novel? Até com outro nome, Fireworks: Luzes no céu?”

Capa da primeira novel publicada pela NewPOP

Sim, nós também ficamos confusos com isso, mesmo a editora dizendo que era a novel original que resultou no filme. Então fomos atrás para entender isso tudo.

O começo disso tudo é 1993, numa série chamada “If”, parecida com “Você Decide”, com mais de um final possível. O 16º episódio foi dirigido por Shunji Iwai, em que estudantes do primário discutiam se fogos de artifício eram redondos ou achatados dependendo do ângulo de vista. O episódio, intitulado “Fireworks, Should We See It from the Side or the Bottom?” foi premiado e teve até um documentário sobre.

Capa do DVD do drama

Em 2017 foram lançadas 4 novas mídias sobre esse trabalho original, algumas adaptando as personagens para o ensino fundamental. Primeiro (17/06/2017) foi lançada uma adaptação de Hitoshi One para Fireworks como uma novel baseada no roteiro do filme animado (lançado em 2020 pela NewPOP com o título Fireworks: Luzes no Céu). Existem três versões dessa novel, uma para cada público. A versão para crianças foi desenhada pelo Nagachi, enquanto a versão adolescente foi desenhada por Akio Watanabe e DOMO. Existe uma versão para adultos sem ilustrações.

Capas da novel de Hitoshi One, versão adulto e adolescente

Capas da novel de Hitoshi One, versão criança

Depois, em 4 de agosto de 2017, é lançado o mangá de Fireworks, completo em 2 volumes em 2018. Esse mangá também já foi anunciado pela editora NewPOP. Porém esse mangá é de autoria de Makoto Kaedetsuki. Já o filme animado foi lançado nos cinemas em 18 de agosto de 2017, com direção de Akiyuki Shinbō e Nobuyuki Takeuchi, e roteiro de Hitoshi One.

Capas japonesas dos volumes 1 e 2 do mangá

Pôster do filme animado

A segunda novel de Fireworks foi escrita pelo próprio Shunji Iwai, chamada “Shounen-tachi wa hanabi wo yoko kara mitakatta”, contando cenários alternativos do drama de 1993, considerando as personagens como foram ciradas, crianças no ensino primário. Ela foi lançada em 17 de junho de 2017, junto com a outra novel. Essa é a novel anunciada pela editora NewPOP na NewPOP Week, e possui duas versões: adulto e criança, também ilustrada por Nagachi.

Capas da novel de Shunji Iwai, versão adulto e criança

A NewPOP optou por uma capa mais próxima da adaptação em mangás, com a personagem na capa próxima da idade do ensino fundamental (13 a 15 anos) em vez do ensino primário (até 12 anos), o que pode confundir um pouco. Vamos esperar mais detalhes da obra no futuro.

Capa apresentada pela NewPOP para a segunda novel
Gostaria de agradecer a @thais_favero pela ajuda em buscar essas informações e interpreta-las.

Fontes: Wiki JP
Amazon JP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *