MB Reviews: Astra Lost in Space #03 – Do Céu ao Inferno!

E aqui estamos de volta com o 3º volume dessa obra maravilhosa “Astra Lost in Space”, de Kenta Shinohara. Bem, como já estamos no terceiro volume caso e ainda não tenha lido, também temos o review dos primeiros volumes aqui no site da Mangás Brasil, então não perca tempo e acompanhe. Lembrando que a obra é publicada aqui no Brasil pela Editora Devir.

O volume 3 já começa com um clima pesadíssimo, a busca pelos estudantes do acampamento foi encerrada, visto que nenhum corpo foi encontrado (mesmo após 44 dias de busca). Já existente até mesmo uma aceitação pelo falecimento dos estudantes por parte de seus pais, apesar da dor.

Enquanto isso, bem distante do Distrito de Mousanish, os tripulantes da nave Astra estão se divertindo e caçando peixes, aves e colhendo frutas como se nada de horrível tivesse acontecido. Encontram outro planeta, depois do terror em Shummoor. Arispade tem um ecossistema totalmente diferente, assim como os anteriores, e essa calmaria me mais parece um sonho, cedo ou tarde, acabará.

Novamente, o que me impressiona em Astra é a qualidade nos detalhes sobre o funcionamento do planeta que eles visitam. O autor sempre apresenta planetas bem singulares o que, com toda certeza, requer muita pesquisa. Pouco a pouco, Kenta Shinohara vai se aprofundando no passado de cada tripulante da Astra e você percebe que eles são diferentes e semelhantes em alguns aspectos. Por mais incrível que possa parecer, todas as revelações me deixaram bem animados para ler mais e mais. Mostram que, é como diz o ditado, a grama do vizinho é sempre mais verde.

É um volume que, após alguns capítulos, são apresentadas várias revelações: os motivos para Ulgar apontar uma arma para a cabeça de Luca, a origem de Charce, a revelação sobre sexualidade, e ficamos esperando que o impostor seja revelado neste volume. A todo instante, você parece tem certeza de que isso vai acontecer, mas, infelizmente, o sabotador não aparece. Fico até aliviado, pois ainda temos 2 volumes inteiros para embarcar nessa aventura e isso deixa a trama cada vez mais empolgante. Depois de todo este turbilhão de fatos, parece que Arispade não era tão tranquilo quanto se pensava, mas  graças as habilidades de Zack e Kanata tudo termina bem e eles seguem para o próximo destino.

Depois de algumas histórias emocionantes, nossos amados tripulantes chegam ao seu novo destino, o Planeta Icriss. Planeta este muito diferente do anterior (como era de se imaginar) e tão problemático que ocorre uma grande avaria na espaçonave Astra, danos que impedem, de forma definitiva, que ela leve de volta os passageiros ao seu lares, e agora? O que os espera?

Acompanha adesivos de brindes

Este volume possui 232 páginas em papel Muken, no formato tanko e, assim como seus antecessores, o volume não tem nenhum erro de corte e impressão. Este formato que a Editora Devir trouxe está incrível, houve um pouco de reclamação por partes de alguns leitores na época em que a obra foi lançada por conta de seu preço de capa ser no valor R$28 (que se mantém até o presente momento), entretanto, acredito que o valor se tornou bem mais atrativo, pois sabemos quanto custa o mangá básico hoje em dia devidos a vários fatores externos não diretamente ligados às editoras. Além da sobrecapa fosca e capa com verniz, que já é um padrão da obra, este volume também conta com uma pequena cartela de adesivos e uma página colorida frente e verso em papel couchê.

Caso você ainda não tenha “Astra Lost in Space” na sua estante você pode adquirir através dos links abaixo:

Agradecimentos a Editora Devir por ter cedido o volume.

Review por @wtf.edson

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.