MB Dramas: Itaewon Class

Itaewon Class é um k-drama lançado em 2020 pela emissora JTBC. O drama é baseado na webtoon homônima escrita por Kwang Jin. A série é estrelada pelo ator Park Seo Joon (Parasita) e está disponível para assinantes da Netflix.

A trama acompanha o jovem Park Sae Ro Yi desde o seu ensino médio, onde ele arruma desavenças com um jovem mimado e inconsequente filho de um empresário influente da região. Sae Ro Yi é orgulhoso e não irá vender seus princípios, independente das consequências. E isso fará com que ele se recuse a baixar a cabeça para o valentão Jang Geun Won. Mas o pai de Sae Ro Yi trabalha para o pai de Geun Won, o que só gera mais atrito entre ambas as partes.

O pai perdeu o emprego e ele foi expulso da escola, mas nem isso o desanimaria. Alguns momentos felizes depois, o pai de Saeroyi sofre um acidente e acaba por falecer, devastando o garoto com a perda do único familiar que possui.

Park Sae Ro Yi encontra o culpado pelo acidente, e, enquanto enraivecido pelo fato de o assassino de seu pai se ver livre de responsabilidades pelo acidente, ele agride o causador do acidente e por isso acaba sendo preso e condenado a alguns anos na cadeia.

Itaewon Class é um drama que eu gostei bastante, com exceção dos momentos trouxas envolvendo o Saeroyi com sua colega de escola Oh Soo Ah. O protagonista teve um passado com Soo Ah o que faz com que ele se apegue muito a ela (trouxa), apesar de ela não ser de grande contribuição para que ele siga seu sonho. (Ela, na verdade, está mais para uma pedra do caminho do que qualquer outra coisa).

Park Sae Ro Yi é um personagem batalhador, com um sonho ao qual ele nunca abandona, apesar de todos os desafios, e ao seu lado encontra-se Jo Yi Seo, que o ajuda em todo o decorrer da trama.

Jo Yi Seo é, inclusive, a personagem que mais evoluiu durante o drama, ganhando seu próprio lado batalhador e se tornando uma mulher forte e decidida. Ela é inserida como uma personagem até um pouco mesquinha, mas ela se torna uma peça chave para o sucesso do empreendimento do protagonista e sua maior aliada (ainda assim existem muitos que não gostam dela).

O núcleo da série é formado pelos protagonistas e os funcionários da DanBam, incluindo um ex-presidiário, uma chef transgênero e um homem guineense-coreano. Personagens que trazem sua própria história e acrescentam imensamente para série com sua diversidade.

Com direção de Sung-Yoon Kim, Itaewon Class tem 16 episódios em uma temporada, disponível na Netflix.

One thought on “MB Dramas: Itaewon Class

  • 7 de setembro de 2021 em 22:50
    Permalink

    Essa obra é excelente e da para discutir questões como filosofia, sociologia, psicologia.
    Sobre a filosofia, de acordo com Nietzsche “O Além do homem” é uma atitude de vida, uma filosofia, com ela o dito super-homem não muda a sociedade, mas ele consegue elevar a potência em algumas pessoas, sempre procurando alianças com pessoas a sua altura e assim encontrar novos modos de vida. Isso pode ser observado através das mudanças que Saeroyi consegue exercer nos funcionários: como a cozinheira Hyeon yi transgênero, o tony com a questão do racismo, o outro cara que era ex presidiário junto com park consegue fazer. A prova disso está no 15° episódio em que Yo Jin Seo está na sala do presidente da IC- Park Saeroyi, lendo o livro Assim falou Zaratustra.

    Sobre psicologia eu escrevi um artigo sobre isso: https://medium.com/pausa-para-an%C3%A1lise/an%C3%A1lise-psicol%C3%B3gica-de-jo-yi-seo-do-drama-itaewon-class-b6e07b339ddb?source=collection_category—4——6———————–

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.