MB HQ’s: Saga do Superman vol. 5

Em A Saga do Superman #5 veremos um grande arco que resultará em um embate no tempo-espaço entre a Legião dos Super-Heróis e o Senhor do Tempo, que fará com que o Superman que conhecemos lute com uma versão mais nova de si mesmo, o Superboy.

Em 2987, Metropolis, a Legião dos Super-Heróis fica encarregada de consertar sua máquina-bolha de viagem no tempo, quando acidentalmente são jogados para o passado, em Smallville, em uma linha temporal onde o Superman que conhecemos se chama Superboy, utilizando do mesmo uniforme, porém mais novo. Surpreendentemente, o herói acaba armando uma emboscada para alguns membros da Legião, enquanto outros vão parar no futuro, em uma outra linha temporal, onde voltamos a ver o Superman que conhecemos nos volumes anteriores.

Uma briga entre o Superboy e o Superman de diferentes linhas temporais se inicia, tudo sendo parte do plano do vilão deste mini arco, o Senhor do Tempo, que quer governar a eternidade. O desenvolvimento desta saga é bastante interessante, temos diversos combates interessantes tanto por parte do Superboy/Superman e o destaque fica para o desfecho emocionante. Algumas referências a Crise das Infinitas Terras e alguns capítulos de outras revistas do Superman são citadas, mas algumas delas só foram publicadas pela Editora Abril.

Em outro capítulo, temos os desenhos de Erik Larsen, desenhista conhecido por ficar encarregado de grandes arcos do Homem-Aranha, em uma história onde Superman acaba enfrentando o Doutor Stratos, onde seu desfecho deixa uma ponta para um possível importante retorno no futuro. A curiosidade fica por conta de alguns quadros dinâmicos de Larsen, característica vista em outras histórias do desenhista futuramente.

E, para fechar o volume, temos um capítulo com a participação do grande vilão de Gotham, o Coringa. Vemos uma provável pequena colaboração entre Coringa e Luthor, onde o palhaço tenta armar uma cilada com os entes queridos do Superman, mas acaba sendo surpreendido por achar que o super herói teria mais músculos do que inteligência. Um encontro curto, mas divertido.

No geral, um ótimo volume da coleção, apresentando um arco temporal bacana, envolvendo outros personagens da DC e trazendo capítulos bastante curiosos e que deixam pontas para futuras histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.