Primeiras Impressões: Science Fell in Love, So I Tried to Prove It – s2

Science Fell in Love, So I Tried to Prove It retorna para uma segunda temporada. Acompanhamos a busca de dois cientistas, Yukimura e Himuro, por um teoria que explique o amor e consiga elucidar os sentimentos que sentem um pelo outro.

A primeira temporada terminou com alguns eventos românticos, mas longe de trazer alguma certeza para os personagens.

Os primeiros episódios desta segunda apresentam Sui e Chris, um casal de cientistas que já namoram e fazem parte do departamento de biologia. Essa interação com um casal que não necessita de provas de amor (literalmente) e nosso casal hipotético é interessante. Porém, a falta de um bom desenvolvimento acaba tornando os episódios mornos, ao menos nesse primeiro momento.

A base narrativa da primeira temporada deve ser mantida, misturando alguns termos científicos e “experimentos” para gerar comédia e desenvolver o relacionamento dos personagens.

Por fim, a animação da obra não é um primor, mas é estável, servindo muito bem a proposta. Esses primeiros episódios não entregaram muito, mantém o nível da primeira temporada, que apresenta uma premissa interessante, mas sempre parece faltar algo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.