MB Review: The King of Fighters – A New Beginning #4

Para aqueles que tiveram sonhos roubados, o que lhes resta? Time Ikari Warriors versus Time México, enfim a conclusão da terceira rodada! E finalmente o time formado pelos humanos modificados pela antiga organização secreta NESTS, o Time K’, entra para o combate! 

Seu oponente será a América do Sul, com membros conhecidos por serem novatos cheios de energia. Sintam o surpreendente poder esmagador daqueles que superaram a humanidade! Aqueles que espreitam nas sombras do torneio finalmente fazem o seu movimento!

Continuando a luta entre Clark Still e King of Dinosaur. O fato mais interessante dessa luta em si é uma revelação – que boa parte dos fãs já imaginavam -, a verdadeira identidade do lutador com máscara de dinossauro. Nada mais nada menos que o Tizoc, clássico personagem que fez sua estreia no jogo Garou: Mark of the Wolves e posteriormente apareceu no jogos KOF 2003 e XI. Ainda torço para que um dia a SNK abandone King of Dinosaur como acontece no mangá e retorne com a identidade do Tizoc, muito mais carismática. Outro fato interessante dessa luta foi a revelação de que Clark é um grande fã do Tizoc ganhando até um autógrafo em seu boné (hehe).

Fechando o embate entre os times Ikari Warriors e Team México, temos Ralf versus Ramon, uma luta muito interessante por termos dois estilos de luta completamente diferentes e pelo traço de Kyoutarou que bota pra quebrar nas cenas de ação e páginas duplas. O desfecho final desse embate é bem o que imaginei que aconteceria. Ainda sim é uma baita luta!

Depois da luta, seguimos para o desdobramento da investigação da organização maligna NEST que agora conta com a ajuda dos Pyscho Soldiers que cooperam com os Ikari. Essa investida culmina numa revelação que nos pega de surpresa. Interessante que o autor tenha se lembrado disto e reutilizado no mangá.

Fechando o volume, é dado início ao embate entre os times América do Sul e o time K. A primeira luta é entre Kula Diamond e Zarina – a personagem nova do KOF XIV. Essa é mais uma daquelas típicas lutas que já sabemos quem ganhará mesmo antes de ler, mas é sempre bom ver os poderes quase que totais de Kula em ação. Já na segunda temos K Dash e Nelson que, assim como Zarina, também é um personagem novo da mesma edição. Essa luta em questão por mais que seja óbvio da vitória de K em condições normais, o autor nos entrega um interessante plot twist que dá um gancho perfeito para o próximo volume, o penúltimo da série!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *