MB Nacional: Operação Dragão Negro, de Paulo Moreira

Conrad Nacionais

        É feriado, mas também é aniversário de Maria, que fez questão de convidar Romero para a sua festa. Eis que surge um imprevisto: os meninos vão à quadra e, depois de uma discussão sobre quem é o namorado de Maria e de quem ela gosta, eles acabam apostando quem vai na festa e quem vai ficar em casa. 

        E aí começa a Operação Dragão Negro. Romero jura de pé junto que a Maria gosta dele *daquele jeito*, comprou presente e tudo, agora ele PRECISA ir naquela festa provar que estava certo, mesmo que tenha perdido a aposta! E é claro que Bola e Os Gêmeos, que são os seus melhores amigos, vão ajudar, né? Mesmo que isso signifique ter que bolar um plano digno de filme de ação, com direito a um cão raivoso e o temor de todo garoto: as mães!

        Eu amo o fato de que o Paulo consegue fazer uma história que parece ser super simples, molezinha, e aí botar uma camada de complexidade dentro dela, bem do jeitinho que a vida é! Todos as personagens têm uma personalidade única e são muito cativantes. Mesmo os que te fazem revirar os olhos vão te fazer dar um sorrisinho no final e eu morro de vontade de ver Os Gêmeos, que são minhas personagens favoritas, na adolescência.

        Operação Dragão Negro é uma história bem curtinha, com apenas 78 páginas. Eu li tudo em uma única sentada e, apesar de a história ter um final bem fechadinho (e bem fofinho), eu fiquei querendo uma continuação. Tudo aqui pode ser resumido em: crianças tentando resolver seus problemas sozinhas, bem típico daqueles filmes de Sessão da Tarde e, se você gostar desse tipo de história, não vai se arrepender nenhum pouquinho em ler essa HQ.

    Paulo Moreira é um ilustrador paraibano que ganhou popularidade nas redes sociais depois de começar a publicar as tirinhas de “Ana, Mosquinha e Lagartixinha”, que inclusive já ganharam edição física pela editora Comic House. As tirinhas de Paulo são incríveis, mesmo que eu me considere suspeita pra falar, porque acompanho ele e adoro mandar as tirinhas para os meus amigos. Ele tem um humor muito característico e alguns dos seus trabalhos, assim como ODN, são ambientadas nos anos 2000, e Moreira consegue fazer qualquer coisa se tornar mais interessante, inclusive Big Brother Brasil!

        Você pode apoiar o trabalho de Paulo Moreira pelo Instagram e pelo Twitter, ou comprar a edição digital de ODN pela Amazon, Play Livros, iBooks e Kobo. (Me atrevo a dizer que a edição física de 2017 é apenas para colecionadores™)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *