MB Review: “Jujutsu Kaisen 0”, quando amar é amaldiçoar um ao outro.

Mangás Panini

Jujutsu Kaisen já é um sucesso, seguindo a mesma linha Battle shounen que vem crescendo (Vide Demon Slayer). A obra consegue entregar resultados satisfatórios, em vendas e em narrativa.Antes desse estrondo, um “molde” de preparação foi lançado, algo como um “Prequel” e, por incrível que pareça, após eu ter lido esse volume único eu percebi que fazia muito tempo que um oneshot de shounen não me instigava tanto e me deixou surpreso em como ele conseguiu estabelecer uma conexão tão perfeita com a obra posterior.

-História

“Jujutsu Kaisen 0” conta a história do estudante colegial Yuuta Okkotsu, que deseja ser executado pois sofre com as ações de Rika Orimoto, espírito rancoroso que o possuiu. Enquanto isso, Satoru Gojou, o professor que ensina a exorcizar “maldições”, transfere Yuuta para a Escola Técnica Superior de Jujutsu de Tokyo”

Calma, caso você não conheça a obra “Jujutsu Kaisen” (atualmente, o que eu acho bem difícil) não se preocupe, este volume consegue com maestria entregar uma narrativa que não necessita de conhecimento e ligação com outras obras; E, caso você já conheça “Jujutsu Kaisen”, este oneshot vai fazer você assimilar muito melhor o que acontece naquele mundo (e na minha opinião, é até importante ler esse título pra entender bem o que rola na série atual).

A partir daqui, faço uma análise um pouco mais aprofundada da obra, e bem, terá bastante spoilers.

– Um olhar subjetivo da narrativa, do amor e das maldições.

    Primeiro de tudo, após sermos apresentados ao personagem “Yuuta” logo nas primeiras páginas, é dado que o mesmo sofre bullying e ameaças, o que contribui na sua personalidade “receosa”. Em seguida, o espírito que o persegue acaba por “matar” os praticantes do bullying, contra a vontade de “Yuuta”, é claro. Entretanto, ao longo das páginas, a gente percebe que essa é uma maldição um pouco diferente, chamada de “rika“, espírito que, enquanto viva, era amiga do personagem principal e que morreu atropelada. Nos seus últimos momentos de vida, disse que iria se casar com Yuuta, o que acabou por amaldiçoar o seu destino.

    No mundo de Jujutsu Kaisen maldições se originam de pensamentos e energias negativas que guardamos ao longo da vida, podendo adquirir formas humanoides ou monstruosas e que vagam com intuito de matar ou se vingar de humanos. E, em contramedida à essa situação, foram criados “feiticeiros Jujutsu”, que têm como objetivo exorcizar tais seres.

        Após Yuuta ter tentado suicídio diversas vezes, justamente por ser atormentado por Rika, ele se entrega a “Escola Jujutsu” para ter sua execução. Entretanto, devido alguns fatores, acaba por ingressar na escola como aluno, para que pudesse entender mais sobre sua maldição, entrando em batalhas e entendendo mais sobre esse mundo tenebroso e amaldiçoado.

    Ao longo das páginas e acontecimentos, a maldição Rika sempre afirma que ama Yuuta quando aparece – apesar da forma monstruosa e dos comportamentos “estranhos” – e, após ler esse volume, eu me peguei pensando em como amar pode se tornar uma maldição.

    Quando fazemos de tudo por algo ou alguém, quando colocamos qualquer coisa acima de nossa felicidade, ou quando destruímos e machucamos pessoas com palavras vazias (não se importando com a reciprocidade), pensando nisso como algo moralmente certo, tudo isso pode ser considerado amor ou maldição, dependendo do seu contexto.

    E, por isso, aqui vai um pequeno conselho de um senhor sábio para que tudo na vida seja moderado, pois como disse Aristóteles na sua tese da Justa-medida “Para tudo devemos balancear nossos vícios”. Então você, jovem padawan, cuidado, vai que um dia a maldição do amor te fisga ..rs

“Jujutsu Kaisen 0” é um volume único publicado no Brasil pela editora Panini com o Formato: 13.7×20 cm e 200 páginas.

ONDE COMPRAR: AmazonPaniniGeek Point

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *