MB Animações: Working!! Se expresse com seu trabalho árduo

Working!! é um anime lançado em 2010 pela A-1 Pictures, adaptando a série de mangás de mesmo nome. É uma comédia divertidíssima e, em suas 3 temporadas, apresenta uma dinâmica de personagens muito envolvente (e estranha kkk), mas sem deixar de lado a mensagem de que todos temos nossas peculiaridades e nem sempre ser “estranho” é algo ruim!!

Working!! é adaptação de uma série de mangás publicada na revista Young Gangan (Seinen) finalizado em 13 volumes. Sua adaptação em anime ficou por conta do estúdio A-1 Pictures, se dividindo em 3 temporada, Working!!, Working’!! e Working!!!, e finalizada com o especial Working!!! Lord of the Takanashi. Sua direção contou com diversos nomes, e os principais foram Yoshimasa Hiraike (Aria, Amagami SS, Kaleido Star e Wotakoi), Atsushi Ootsuki (Motto To LOVE- Ru, Bang Dream e Ladies versus Butlers!) e Yumi Kamakura (Inazuma Eleven: Orion no Kokuin, Haikyuu (diretor de episódios) e Ao no Exorcist). As temporadas contaram com 13 episódios cada e a última foi produzida em 2015. 

Depois dessa breve ficha técnica, admito que fiquei bastante surpreso pelo número de diretores mas, em aspectos gerais, a série tem um tom muito bem definido, o que provavelmente é um dos maiores acertos do anime.

Caso esteja se perguntando sobre o que se trata Working!!, vamos lá….

Sinopse

A história começa com a Taneshima, funcionária do restaurante Wagnaria, que está em busca de um novo funcionário até se encontrar com Takanashi (ou seria Katanashi?), um estudante do ensino médio que ama coisas pequenas e fofas, e que acaba se interessando pelo trabalho depois de conhecer Taneshima, que é uma pequena e fofa estudante do ensino médio. Após começar a trabalhar no Wagnaria, Takanashi passa a se relacionar com os funcionários do restaurante, um grupo muito peculiar. Uma garota reservada que anda com uma katana na cintura, um assistente de cozinheiro que sabe os segredos de todos, e uma estudante de ensino médio que odeia homens, e outros personagens que certamente merecem um lugar no nosso coração. Nesse pequeno restaurante, conheceremos um pouco sobre esses personagens, suas rotinas e a relação entre eles.

SIM, eu sei que bateu um medo quando foi citado “estudante que ama coisas pequenas e fofas”, pois no nosso pequeno e assustador mundo de animes certamente poderia surgir um odiável personagem com tendências lolicon, mas felizmente não é o caso. Em Working!! temos diversos personagens com alguma mania ou hábito estranho, mas em sua maioria não são representados de forma nociva. Suas peculiaridades inicialmente ditam o que conhecemos dos personagens, mas é exatamente nesse ponto que temos um diferencial em Working!!.

Amem esse homem!!

O humor do anime gira em torno da interação desses diferentes personagens, mas se fosse só por isso, o anime não conseguiria te manter. Inicialmente, a obra se foca muito no ambiente do Wagnaria e nos apresenta os personagens principais mas, depois de alguns episódios, a obra começa a expandir o que conhecemos desses personagens e também abre espaço para adições de novas personas, saindo um pouco do clima de comédia para equilibrar o desenvolvimento das relações dos personagens.

Melhor núcleo de personagens!! 

A adição de personagens é necessária para entendermos de onde vem as características de alguns protagonistas, por exemplo, o Takanashi e a Inami estão inteiramente ligados aos seus ambientes familiares. A Mahiru Inami é uma personagem com androfobia, um transtorno relacionado ao medo de figuras masculinas, e a condição dela está relacionada aos ciúmes do pai, que acaba por condicionar esse medo em sua filha. A contrapartida, o Takanashi adora coisas pequenas, certamente em uma dimensão menor que o caso da Inami, mas também está ligado à família, uma vez que sua mãe e suas irmãs mais velhas geram uma percepção distorcida de adultos. Embora um dos pontos do anime seja apontar que existe algo a se questionar sobre o adulto comum, os exemplos de adultos apresentados na obra carregam suas próprias individualidades e são muito diferentes entre si. Ainda assim, é inevitável dizer que os exemplos de pais apresentados na obra não compreendem seus filhos e, em alguns casos, não é possível dizer que são bons pais.

Eu citei anteriormente que a comédia tem por foco a individualidade dos personagens, mas também é a base para o desenvolvimento e mudança deles e, nesse ponto, temos uma sacada bem interessante. Todos convivemos em diferentes lugares de socialização em nossas vidas cotidianas, sendo muito importante no nosso crescimento e formação de individualidade. 

Nesses ambientes, nos relacionamos com diferentes pessoas e grupos, e o primeiro grupo que conhecemos é a nossa família e boa parte de nossas crenças e personalidade ganha forma neste estágio. Depois, somos apresentados a escola e nosso mundo cresce um pouquinho e muito do que gostamos como hobbie e individualidade acaba por surgir e, por fim, acabamos entrando no mercado de trabalho e nesse momento conhecemos muito do que representa o mundo dos adultos. É claro que não quero resumir nossa vida a esses ambientes, mas são os mais comuns para todos, ou a maioria.

Em Working!!, o Wagnaria é um ambiente de socialização e uma das mensagens da obra é compreender a importância de se interagir com o outro e como isso pode ser benéfico, seja na hora de deixar algum trauma para trás ou para compreender que características de nossas personalidades queremos manter, processos que ficam perceptíveis nas jornadas da Inami, Takanashi e Taneshima.

Os personagens mais velhos também têm seus próprios arcos, saindo das suas zonas de conforto, seja na dimensão profissional ou amorosa, o que é perceptível nos arcos do Satou e Yachiyo. Esses elementos são muito importantes para entender os personagens, mas certamente não os definem. E sim, Working!! pode enganar muito bem com o tom de comédia, mas está longe de ser uma obra vazia.

Sanji fugiu de OP e está trabalhando no Wagnaria!

   Em suma, Working!! é uma ótima comédia, e também serve muito bem ao fã de slice of life ou romance, com seu núcleo de personagens cativantes, animação consistente, direção bem executada e desenvolvimento de trama peculiar. Vale o tempo de tela e é uma ótima indicação para levantar o ânimo. Eu diria que o problema de Working!! é o seu número de episódios, somando suas 3 temporadas, são 39 episódios, e adicionaria o OVA como o número 40, visto que ele é indispensável para que a história finalize. Nesse sentido, não diria que a obra tem um ritmo ruim, mas poderia ser um pouco mais redondinha. A série ainda conta com uma “continuação”, www.working, e certamente vale trazer uma resenha da série em algum momento, que fique a promessa e não deixem de conhecer a obra.

Sejam bem vindos ao Wagnaria!!! Aproveitem a experiência de conhecer a obra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.