MB HQ’s: Archie vols. 1 ao 6

Você talvez já deva ter topado com Archie e sua turma. Eles estão por aí (ou lá fora, ao menos) desde os anos 40, mas pode ser que conheça sua roupagem moderna na série de TV Riverdale, do The CW. Não?

Bom, pouco importa em se tratando deste Archie que vou falar agora. O dos quadrinhos, mas não aqueles antigos, e sim uma versão mais atual do personagem, conduzida pelo roteirista Mark Waid entre 2015 e 2018, e publicada na íntegra aqui em seis volumes pela Editora Novo Século/Geektopia.

Este Archie vai para um caminho um pouco diferente de Riverdale, e tem muito mais de outras séries juvenis, como Dawson’s Creek (1998-2003), The O.C. (2003-2007) ou até mesmo boas temporadas de Malhação (não seja preconceituoso, tivemos sim e você assistiu. Eu cito aquela da Vagabanda – 11ª temporada [2004-2005] – e Viva a Diferença [2017-2018]).

A trama aqui é simples: Archie Andrews é um jovem desastrado, morador de Riverdale, amigo do excêntrico Jughead, vizinho de Betty (por quem foi apaixonado a vida toda e sabemos quão longa é a vida dos jovens mesmo sendo curta ainda) e recém-apaixonado pela nova moradora da cidade, a bela e sedutora, Veronica Lodge. O que vier a seguir, gira muito em torno deste grupo.

Diferente das obras citadas acima, problemas sociais como racismo e LGBTfobia, ao menos aqui, estão superados. Tem muita, mais muita comédia. Waid, um roteirista extremamente competente e experiente, consegue lidar muito bem com estes pontos e deixa claro que, apesar de focar no mundo juvenil, quer te atrair com humor mais pastelão. E um pastel bem gostoso de se devorar, seja rápida ou lentamente. É ao gosto do freguês. O recheio é Archie, um dos protagonistas mais atrapalhados da face da Terra e, garanto, você vai rir a beça quando ver as cenas em que os amigos correm para salvá-lo de se acidentar até quando ele não se dá conta.

Mas se é trama juvenil temos que ter um outro elemento: conflito! Ah, e isso Waid te traz de monte, e aqui o faz respeitando o Archie que você não conhece, o antigo. Para quem não sabe, muito do que rola com o personagem é sua atração por duas garotas: Betty e Veronica. Só que até neste momento temos uma roupagem atualizada, sem mocinhas dependentes das ações do rapaz. As duas, bem como os demais personagens da série, têm vida própria que vai se intercalando com a do garotão ruivo.

Talvez o único defeito desta gostosa fase de Archie seja o desenho inconstante. Se por um lado começa com a talentosa Fionna Staples (a mesma de Saga, lançado por aqui pela Devir), por outro temos um encadernado inteiro (o 3º) ilustrado por Joe Eisma (do esquecido por aqui pela Panini Morning Glories), com um traço fraquíssimo, e passagens com outros que nem merecem a citação. Felizmente, a essa altura talvez esteja tão encantado com a trama que nem se dê conta.

Pode ir de olhos vendados – só cuidado para não pisar em falso em um buraco, bater numa colmeia, derrubar o bolo de aniversário e ligar acidentalmente uma empilhadeira que vai destruir totalmente a casa da garota por quem você se apaixonou à primeira vista – que Archie Andrews, Betty, Veronica, Jughead, Cheryl e vários outros são a receita que você precisa para dar boas risadas no final do dia.

ARCHIE

Autor: Mark Waid, Fiona Staples, Veronica Fish, Joe Eisma, Pete Woods, Audrey Mok e outros

Páginas: entre 120 e 160

Editora: Novo Século/Geektopia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.