MB HQ’s: Sshhh!

Sshhhh!: A Surreal Quietude.

Dizem que uma das últimas frases de Buda teria sido: “À multidão, prefiram a solidão. Ao barulho, o Silêncio”. Portadora de um título no mínimo curioso, a Graphic Novel “Sshhhh!” de Jason retrata com maestria essa máxima, dando ênfase em transmitir diversas sensações em seus contos sem uso de diálogos. Vamos adentrar num surreal mundo de um “Corvo” (?), então se acomode em um lugar sem muito barulho e seja bem-vindo ao MB HQ de hoje.

(Imagem 01)

– A obra

“Sshhhh!” é uma HQ do renomado autor norueguês “Jason”, lançada no Brasil pela editora Mino, que reúne dez contos curtos, sobre um pássaro de chapéu e paletó. Cada história traz questões sobre a existência humana e a vida sem o uso de diálogos, o que promove a catarse por meio de uma arte minimalista que remete bem o traçado de uma vida recheada por sonhos, inseguranças e nostalgia.

(Imagem 02)

Por ser uma coletânea de contos (cada trama independente), a HQ manifesta a cada página um mix de sentimentos que são transmitidos (de forma cômica ou não) ao leitor sem precisar de nenhum balão de fala. Ao contrário do que se pode pensar em uma primeira olhada, a arte do autor serve de ótimo suporte para isso, pela simplicidade, e alguns momentos podem vir a ser mais fáceis de se assimilar ou se sentir conectado.

(Imagem 03)

O uso de personagens antropomórficos com traçado simples foi um ótimo acerto, dando uma ótima base para expressar a maçante rotina humana e os pensamentos surrealistas que às vezes esquecemos durante a cada dia, transformando assim, essa dicotomia em animais humanoides quase sem expressões, permitindo um tom “poético” sobre uma existência estagnada.

(Imagem 4)

Cada conto tem uma espécie de mensagem direcionada a sociedade, sendo positiva ou não, como por exemplo um momento de um pai com o seu filho que se desenvolve a cada página, ou demostrando os efeitos após sermos trocados ou não correspondido no amor, todas essas situações que não necessariamente necessitam de diálogos são transmitidas de maneira curiosa em uma HQ que, a princípio, parece tão simples e toma uma forma bem complexa.

(Imagem 5)

– Vale a Pena?

Trazendo uma temática um pouco diferente do que estamos acostumados no meio das Graphics Novels, “Sshhhh!” puxa pro lado surreal da coisa, onde desperta sensações presas em nosso subconsciente, sendo uma leitura que crítica, diverte e satisfaz no que propõe, um ótimo entretenimento que prova que para ser arte com teor reflexivo não é necessário grandes designs ou diálogos fomentados com bases teóricas ou metáforas realistas.

Nessa HQ, para ser arte basta apenas ser um corvo desenhado de forma simples, que após um dia cansado quer repousar em seu ninho sem dar literalmente nem um piu, afinal, por que essa surreal quietude?

(Imagem 6)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.