MB HQ’s: Coleção Clássica Marvel vol. 4 – Os Vingadores

Voltamos aos anos 60 com mais um volume da Coleção Clássica Marvel. Na edição anterior falamos sobre o projeto X-Men, talvez a equipe mais famosa dos quadrinhos junto aos Vingadores.

A Marvel já tinha revolucionado o mercado de HQs com sua leva de novos heróis como Homem Aranha, Quarteto Fantástico,  Hulk e Homem de Ferro, com todos interagindo entre si em suas revistas. Mas ainda faltava algo parecido com a sua concorrente, a DC Comics. Um supergrupo para combater os perigos em escala global. Foi então que a Marvel decidiu reunir seus principais personagens; Homem de Ferro, Thor, Hulk, Homem Formiga e a Vespa, numa equipe super poderosa e a chamou Os Vingadores – ideia de nossa querida Vespa. Jack Kirby e Stan Lee mal sabiam da importância do grupo e seu futuro como expoente da cultura pop décadas mais tarde.

A primeira história não é lá muito legal. Conta com a ameaça de Loki e uma luta desproporcional contra seu irmão Thor, dando ensejo para a criação da super-equipe. A segunda história ainda é fraca, mas já mostra as mais diversas características de um grupo altamente poderoso e sem uma liderança, mas sabendo lidar com ameaças alienígenas.

É na terceira história que a coisa começa a melhorar. Uma batalha dos Vingadores contra Hulk e Namor, o principal vilão dos novos heróis. A batalha é marcante, dando início na virada do grupo com a entrada do membro para liderar os egos conflitantes. Capitão América.

Capitão América foi um dos heróis em quadrinhos mais importantes dos EUA na II Guerra Mundial, ao atender aos mais diversos anseios da sociedade e tornando-se ultrapassado com o fim da guerra. O personagem foi congelado por vinte anos enquanto era cultuado como um deus pelos esquimós. Isso muda  quando Namor em um impulso de fúria ataca seus adoradores e acaba mandando o Capitão para águas mais quentes, onde é finalmente descongelado.

Steve Rogers é peça importante para os Vingadores, respeitado pelos Vingadores como uma lenda que retorna à vida. Detalhe importante é seu retorno como um presente para o público que clamava por mais histórias do personagem. A história de sua volta serve de pretexto à luta contra Namor e um encontro com Atlantis.

Sua entrada no universo Marvel abala as estruturas do universo existente. A Brigada Juvenil que antes lutava ao lado de Hulk passa a ajudar o Capitão América. Isso mexe com ânimos dos personagens que passam a ser mais amistosos com a presença do Steve, pedra angular na relação entre os supers.

A história final narra a luta contra os homens-lava, desejosos em se livrar de um problema acabam apenas gerando novos. Agora a equipe conta com a participação de Hulk e o comando do Capitão América.

A arte de Kirby é muito boa e os roteiros do Lee estão melhores. Os Vingadores foi um sinal de que o universo Marvel seria expandido e interligado. Mesmo que faltem algumas histórias de personagens importantes, a coleção começa a fazer mais sentido. Assim mesmo vale a pena ler a coleção e conhecer a origem de diversos personagens, com um projeto gráfico com um bom custo benefício.

Uma HQ que começa lenta e vai ganhando força aos poucos. Nos volumes seguintes vemos a equipe se tornando um dos pilares da editora enquanto a família cresce. 

Voltamos em breve com o volume 5.

Até já…

One thought on “MB HQ’s: Coleção Clássica Marvel vol. 4 – Os Vingadores

  • 21 de janeiro de 2022 em 20:44
    Permalink

    Essa CCM vale muito a pena. Estou muito feliz por ter vivido para colecionar meus heróis preferidos em ordem cronológica, formato americano e com ótima qualidade gráfica. Valeu!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.