MB Nacional: Tina – Respeito

Jornalista recém-formada, Tina finalmente realiza o sonho de trabalhar em uma redação. Ela está pronta para os desafios que a profissão pode trazer, mas é impossível estar preparada para todo tipo de situação.

Em Respeito, Fefê Torquato nos apresenta uma versão da personagem de Mauricio de Sousa e expõe um problema enfrentado por mulheres no  dia a dia, e precisa acabar: o assédio.

Tina

Cristina Lima e Sousa, conhecida como Tina, foi uma personagem que começou apenas como uma secundária, mas após conquistar o público ganhou seu próprio segmento, na companhia de seus amigos Pipa e Rolo.

Não é estranho que Tina tenha encantado leitores. Madura, inteligente e determinada, a personagem possui grande potencial para a abordagem de diversos assuntos, e foi realmente uma ótima escolha para essa história.

Cotidiano & Arte

O quadrinho começa mostrando Tina chegando em seu apartamento. Ela está cabisbaixa, desanimada, levando o leitor a ver que naquele momento algo já havia acontecido, mas ainda é preciso conhecer sua história.

Quatro meses antes, Tina estava em seu primeiro dia de trabalho, sofrendo trote dos colegas antigos e conhecendo várias pessoas no setor. Andamos com Tina em suas tarefas diárias, voltando para casa de ônibus, conversando com seus amigos e fazendo novas amizades.

A arte transmite bem a sua intenção, seus sentimentos, e ao mesmo tempo que consegue transmitir serenidade e contemplação. A ilustração combina perfeitamente com o tom da trama e tornou a leitura realmente agradável apesar de se tratar de um tema duro e deplorável.

Respeito

“Você está tendo uma oportunidade única”

“Entenda a sua sorte”

“Você sabe quantos fariam qualquer coisa por uma chance como a que eu estou te oferecendo?”

“Além desse rostinho lindo eu sei que você é uma garota esperta”

Estas frases foram escutadas por Tina em seu ambiente de trabalho, e não são expressões desconhecidas para muitas mulheres. O assédio é uma conduta abusiva e, infelizmente, muito presente na vida de muitas pessoas.

Tina passa por uma situação imprópria, onde ela se encontra diante de um assediador, um acontecimento que a atinge profundamente. Diante isso ela busca por ajuda e apoio em sua rede familiar. Ela desabafa com sua mãe e internaliza sobre o que deve fazer.

“E você não tem o direito de errar porque mesmo depois de anos acertando o primeiro erro volta ao início e tem que começar tudo de novo. E se eles não vencem você pela exaustão, vencem pela intimidação.”

Apesar do principal fator ser o assédio no trabalho, a autora não se contenta em mostrar apenas isso. Em meio ao cotidiano de Tina encontram-se várias situações vividas por muitas mulheres, e que para muitas se tornou algo diário, parte da rotina. 

Ela fala sobre o medo ao sair do trabalho, no ônibus, na caminhada do ponto até a casa no meio da noite, a constante interrupção no ambiente de trabalho. Em suas entrelinhas, é possível observar vários detalhes que tornam a obra extremamente importante de ser comentada.

Respeito trata de um tema difícil, real e que, assim como muitos outros, precisa ser ouvido, refletido e comentado.

A Autora

Fernanda Melendres, mais conhecida como Fefê Torquato, começou a trabalhar com ilustração em 2010 e com quadrinhos em 2014. Foi escolhida para dar a vida à Tina – Respeito em 2018 e após a publicação da obra, em 2019, recebeu uma indicação ao prêmio Jabuti.

Além de Respeito, Fefê lançou a webcomic Gata Garota, cuja personagem principal é uma garota que é metade gato, que ganhou edição impressa pela editora Nemo em 2015. Também lançou, de forma independente, o romance gráfico Estranhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.