MB Review: O Único & Eterno vol. 1

Em O Único & Eterno #1 veremos Duncan e sua avó Bridgette, uma senhora caçadora de seres mágicos aposentada, tentando impedir os planos de um grupo que está tentando reviver o rei Arthur para completar uma profecia que colocará a vida de várias pessoas em perigo. 

Um sítio arqueológico é atacado por um grupo de nacionalistas que acabam roubando a bainha da espada Excalibur. Em paralelo, somos apresentados a Duncan, um jovem acadêmico e jogador de rugby, que está tendo um encontro desastroso com Rose, quando seu jantar romântico é interrompido por uma ligação: sua avó Bridgette acabou fugindo do asilo.

Bridgette McGuire é uma caçadora de monstros aposentada e agora precisa da ajuda de seu neto para confrontar o grupo de nacionalistas que está tentando reviver o rei Arthur, com o objetivo de unificar o nosso mundo e o ‘’Além-Mundo’’, lugar onde vivem as criaturas mágicas, fazendo uma limpa e criando um novo reino. Elaine, líder do grupo nacionalista e antiga parceira de Bridgette, pretende ajudar Arthur atráves de seu filho, um Galahad, em busca do santo graal para poderem executar seu plano. 

Kieron Gillen entrega neste primeiro volume uma história que parece sair dos tradicionais jogos e livros de RPG e fantasia, só que no mundo moderno. Trazendo toda mitologia dos contos do rei Arthur e diversos elementos medievais, como quimeras, espadas e cavaleiros. De maneira totalmente ágil, veremos como a história da família McGuire esconde diversos segredos, entregando um volume cheio de plot twist em cada capítulo.

Um dos pontos altos da história é sem dúvida a arte de Dan Mora, artista que trabalhou em obras como Klaus e a quadrinização de Power Rangers. Mora entrega páginas belíssimas e extremamente ágeis de se acompanhar, combinado com a colorização de Tamra Bonvillain, que brilha nos momentos onde os personagens estão no além-mundo. 

O Único & Eterno é, com certeza, uma das surpresas da Boom! Studios e é um grande acerto da Hyperion, que segue em publicação com 3 volumes no momento. Totalmente recomendada para aqueles que curtem histórias medievais e querem acompanhar uma visão moderna da lenda do rei Arthur.

A edição nacional segue o formato americano, com 160 páginas em papel couché, custando R$ 49,90 e compila os seis primeiros capítulos da história. Para quem fez a pré-venda, uma sobrecapa e um postal foram incluídos como brindes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.