Primeiras Impressões: Aharen-san wa Hakeranai

Tentando começar o colégio com o pé direito e ser alguém sociável, um garoto tenta fazer amizade com sua vizinha de carteira. Contudo, a garota é bem diferente do que ele pensava. Essa é a história de Aharen-san wa Hakeranai.

A obra foi originalmente lançada em mangá, roteirizado e ilustrado por Asato Mizu em 2017 e publicado pela editora Shueisha pelo na revista eletrônica Jump+. Aharen-san wa Hakeranai conta a história de Raidou, um rapaz introvertido e com dificuldades em fazer amizades devido ao seu porte físico e sua expressão de mau.

No ensino médio, Radiou resolve mudar sua reputação, sendo mais sociável e tentando fazer amizade com a colega de carteira ao lado, Reina Aharen, que não responde às tentativas de amizade. Porém, a garota é tão exótica quanto o jovem rapaz e uma amizade estranha nasce entre os dois.

O anime é polêmico e pode desagradar algumas pessoas. Isso ocorre por conta da aparência do Raidou e da Aharen, principalmente pelas posturas da garota. Suas atitudes geram momentos forçados e constrangedores para muitos que acompanham a série.

A ideia do anime é mostrar as dificuldades entre as pessoas para construir relacionamentos. Mas para isso, abusa de elementos indicados do fanservice. Confesso que demorei um pouco para pegar o enredo e este pode ser bem polêmico. Mas, de um modo geral, a história se desenvolve bem no primeiro episódio e os personagens são agradáveis.

Outro elemento que demorei a digerir foi o traço. Totalmente exótico, não feio, mas diferente do habitual. Mas esse podemos tratar como algo positivo. No final nos acostumamos com a arte do anime. A trilha sonora é simples e não compromete a obra. Não podemos contar também com muitas cores ou muita movimentação, mas no geral dão conta do recado. 

Aharen-san wa Hakeranai é um anime com uma ideia bacana mas repleto de cenas desnecessárias, causando desconforto e se mostrando uma opção viável para poucos. Vejamos como se sai até o fim da temporada.

O anime pode ser acompanhado pela Crunchyroll.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.