Primeiras Impressões: The Skeleton Knight in Another World

Lá vamos nós conhecer mais um protagonista que morre e renasce no jogo que ele era viciado. Mas existem algumas qualidades nesse isekai de nome simples The Skeleton Knight in Another World.

Original de light novel criada por Ennki Hakari, e posteriormente ilustrada para mangá por Akira Sawano para a revista Comic Gardo desde 2017.

A história gira em torno de um rapaz que renasce no seu jogo favorito em seu Avatar super poderoso. Este tem a forma de um esqueleto. Para não causar tumulto com outros personagens, ele resolve andar com a armadura completa e adotar o nome de arc e se tornar um aventureiro nessa sua nova vida.

Tirando a sinopse clichê, vale destacar alguns pontos desse primeiro episódio. Arc é forte e extremamente animado. Não parece que tem superpoderes ou está preocupado com o seu renascimento. Ele só não quer tumulto, como se não se preocupasse com sua situação,  o que é incomum em protagonistas de isekais. 

O segundo ponto é que o episódio inteiro se baseia em uma cena, que é polêmica e forte, e deve desagradar muita gente. O que acontece durante o episódio é justamente explicado momentos antes do protagonista antes dele intervir na cena. 

O protagonista é bacana, forte e carismático. Já a história poderia ser mais fluida e não ficar presa em algo que pouco agregará na trama. A sensação de querer ser polêmico desnecessariamente falhou e afastará possíveis espectadores da série.

Nos outros pontos técnicos a animação em si é modesta, com uma trilha sonora justa, sem grandes comprometimentos. O designer de personagens também é bom, não merece um destaque, mas não prejudica a obra em si.

The Skeleton Knight in Another World começa de forma muito errada ao meu ver, mas tem um bom protagonista, que pode ser melhor explorado. Torço para que isso aconteça e a série melhore.

Você pode acompanhar esse anime pela Crunchyroll.pt.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.