MB HQ’s: Homem Aranha Superior – Meu Pior Inimigo

Otto Octavius finalmente conseguiu seu objetivo ao matar Peter Parker e tomar seu corpo. Mas descobre que seu inimigo tinha uma vida bem diferente do que imaginava. Confiram nossa análise de Homem-Aranha Superior: Meu pior inimigo.

Doutor Octopus finalmente se vê livre de Peter Parker morto junto do corpo moribundo do vilão. Livre, com um corpo cheio de vitalidade e juventude, Otto Octavius decide honrar seu inimigo e defender a justiça conforme seus próprios princípios.

Temos um Homem-Aranha totalmente diferente. Mais ambicioso, focado e violento, isso alinhado a sua genialidade e uma personalidade distorcida. Otto quer conquistar e triunfar, não importa quais meios sejam necessários.

Mas um gatilho ainda pode deter o vilão e impedi-lo de fazer tudo o que quer. O foco da história é a guerra psicológica do novo Aranha contra seu gatilho. Tudo recheado de muita ação, misturando sempre os pontos de vista de Otto e Peter.

Mesmo com a atmosfera tensa da HQ há alguns easter eggs, inclusive cutucando a concorrente DC Comics. Não é cômico, mas vale o registro pelo contexto inserido. As artes de Richard Elson e Giuseppe Camuncoli são melhores que a do volume anterior (Homem Aranha: Último Desejo), com maior riqueza de detalhes e com boas cenas de ação, sem perder a seriedade da história.

O projeto gráfico da edição nacional entra na coleção Nova Marvel, com capa dura e papel couchê, voltada para colecionadores e entusiastas.

Homem-Aranha Superior: Meu pior inimigo é uma ótima HQ com um início de história um tanto quanto polêmica e controversa. Particularmente me atrai por sair da mesmice e prender a atenção, principalmente daqueles que não são tão fãs do amigo da vizinhança. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.