MB Movie: Sci-Fi Japonesa vol. 2 – Versátil Home Vídeo – Parte 1

Em abril, a Versátil lançou o segundo volume de Sci-fi Japonesa, uma caixa em luva reforçada com 2 DVDs que reúne 4 clássicos inéditos da ficção científica nipônica dirigidos pelo mestre Ishiro Honda e com efeitos especiais do mago Eiji Tsuburaya, a dupla responsável pela criação de Godzilla e pela Era de Ouro dos kaiju eiga no Japão do pós-guerra. Vamos para o review do disco 1.

O primeiro disco abre com RODAN!… O Monstro do Espaço (Sora no daikaiju Radon, 1956), onde temos a misteriosa morte de trabalhadores de uma mina, e durante essa investigação um engenheiro descobre a existência de uma feroz criatura pré-histórica alada!

Rodan é um ótimo reflexo da época que foi produzido, com 100% de efeitos práticos, maquetes e fantasias de borracha, esse clássico sci-fi japonês é charmoso justamente por esses detalhes. Destaque para a primeira aparição do monstro que tem aparência de inseto que chega ser bem aterrorizante. O ponto fraco fica pra trilha sonora, nesse não temos nenhuma música marcante antes e nem durante a aparição do monstro, o que é uma pena pois considero a trilha sonora algo deveras importante.

Curiosidade: Esse filme foi realizado logo após Godzilla, por tanto ele acabou consolidando a forma clássica do gênero Kaiju (monstros gigantes).

Fechando o primeiro disco, temos “O Vapor Humano” (Gasu ningen dai 1 go, 1960), a história desse gira em torno de um bibliotecário que se submete a um experimento científico que infelizmente sai do controle, transformando-o no “Vapor Humano”.

Diferente do primeiro filme desse box, aqui temos uma sci-fi no estilo de “O Monstro da Bomba H” com elementos noir. Fora que a cultura japonesa é mais presente nesse aqui, como por exemplo, na parte onde é mostrado uma dançarina de teatro Kabuki. Considero esse o mais interessante do primeiro disco, todo o mistério envolto da real identidade do “Vapor Humano” e a caçada por ele, é muito interessante. O final aterrorizador desse é bem mais impactante que “Rodan – O Monstro do Espaço”, inclusive “O Vapor Humano” deve agradar não só os fãs de sci-fi como também os assíduos por filmes Noir, uma bela combinação de gêneros que não pode passar em branco.

Fiquem ligados que logo vem a parte 2!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.