MB Nacional: Cidade Pequenina

Cidades interioranas são povoadas por histórias mágicas. Algumas delas tão inusitadas que mais parecem contos ficcionais em um lugar pacato. Mas são reais, algo que os irmãos Solano exaltam no quadrinho Cidade Pequenina. 

Por trás das histórias que conhecemos existem aquelas que jamais iremos presenciar ou sequer sabemos sobre a existência. Isso acontece em qualquer cidadezinha do Brasil, sem exceções. Pessoas, costumes e eventos históricos cotidianos, tudo isso pode cair no completo esquecimento. No entanto, a memória e os pedaços da história não contadas podem ser resgatados por meio de evidências como em Cidade Pequenina.

Cidade Pequenina (2021) é uma HQ escrita e ilustrada pelos irmãos Camilo e Aldo Solano pela editora Pipoca & Nanquim. Nascidos no interior de São Paulo, em São Manuel, os quadrinistas já trabalharam juntos em outras publicações. Camilo foi autor de Semilunar, quadrinho finalista no prêmio Jabuti, e Cascão: Temporal, graphic MSP solo do personagem da Maurício de Souza Produções. Aldo produz trabalhos independentes como os quadrinhos Badida, Homem-Sagui e Praga de Sexta-Feira Santa.

Os irmãos quadrinistas se juntaram para retratar algumas das histórias que magicamente experienciaram e ouviram em sua cidade natal. Crônicas que envolvem causos vividos por personagens locais, seja em situações cômicas, nostálgicas ou de um singelo amargor.

Histórias que fazem com que fiquemos mais apegados à figura humana e seus pequenos detalhes, dentro de um contexto pacato em que as novidades não seguem a aceleração da cidade grande. A desaceleração é elemento presente no traço dos irmãos. Além das cores graciosas, dividindo-se entre o sujo e o doentio ou o despojado e o caricato, ganha forma algo capaz de submergir o leitor na atmosfera singular da pequena São Manuel.

A HQ é capaz de transmitir uma experiência repleta de encanto. A leitura tem tanto a capacidade de ser contemplativa, como de arrancar risos ao mesmo tempo que nos leva a imaginar algo para além do que o artista tem a capacidade de registrar. Tudo isso conduzido pela habilidosa narrativa dos autores e sua busca por pedaços da história que fizeram parte de um lugar tão fascinante em suas memórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.