MB Review: Kamen Rider Kuuga vol. 2

Releituras são uma forma peculiar de contar a mesma história e geralmente ocorrem numa mídia diferente da obra original.

Kamen Rider Kuuga segue muito bem essa fórmula, sendo atual e bem escrita. Nesse segundo volume resume bem a proposta apresentada.

As criaturas não identificadas continuam a causar pânico e mortes em Tóquio. As forças especiais são reforçadas e os estudos  revelam mais sobre o mistério e os motivos das mortes. Enquanto isso, um novo monstro é criado com o consentimento humano e assim nasce Agito.

Os elementos dos dois Kamen Riders, Kuuga e Agito, encontram-se presentes. Mas diferente das séries tokusatsu, os universos se fundem, criando uma narrativa única e bem criativa. Seu desenvolvimento é dinâmico e coeso, nos trazendo um volume com dois arcos bem escritos. A história vai muito além de monstros fazendo mal e um herói o combatendo.

Isso faz com que a história continue interessante, com a entrada de novos personagens, mantendo o ar de mistério e terror, elementos chaves da obra.

Falando em terror, as cenas são fortes e violentas, porém não trazem nojo ou repulsa. Contudo, são muito bem feitas, assim como a arte como um todo. Sendo um ponto bem positivo.

A edição Brasileira em formato Big proporciona uma imersão maior na história. Mas a capa cartonada estraga um pouco a experiência. Contudo, oprojeto é bom e tem um ótimo custo benefício.

Kamen Rider Kuuga volume 2 dá mais densidade a releitura de duas séries da franquia de sucesso. Mantém uma história interessante que prende o leitor em cada página com ótimas cenas de ação e terror. Se não conhece o mangá, mas gosta do gênero, dê uma chance ao título. Valerá muito a pena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.