MB Lista: 8 Animes marcantes que foram lançados em outras temporadas de verão

O verão é a estação mais quente do ano, mas pra quem acompanha animes e mangás também é a estação do episódio de praia, queima de fogos e da busca incessante por insetos. As temporadas de animes de verão contaram com diversos títulos que brilharam intensamente no céu (ou nem tanto), conheça alguns deles.

1. Vinland Saga (2019)

Vinland Saga (2019)

Estúdio: Wit Studio

Direção: Shuhei Yabuta

Episódios: 24

Uma das histórias mais arrebatadoras entre os fãs de animes nos últimos tempos, conta a jornada de Thorfinn, um jovem que entra no grupo do mercenário Askeladd em busca de vingança. O anime é consolidado por adaptar muito bem o mangá de Makoto Yukimura, uma obra que mescla tons ficcionais e realistas para contar uma trama humana ambientada nos países nórdicos no início do século XI, com a presença de vikings e as batalhas constantes.

2. Saiki Kusuo no Psi Nan (2016)

Saiki Kusuo no Psi Nan (2016)

Estúdio: J.C.Staff, Egg Firm

Direção: Hiroaki Sakurai

Episódios: 24

Saiki Kusuo é uma das mais divertidas comédias nonsense da última década. Aqui acompanhamos Saiki, um telepata com poderes inimagináveis, tentando viver uma vida normal, mas sempre esbarrando nos mais diversos problemas e personagens estranhos. Vale destacar que inicialmente contou com episódios curtos de 5 minutos, porém, o sucesso da obra foi tão grande que garantiu um compilado desses episódios curtos em 24 de 25 minutos. Depois disso a obra ainda contou com mais duas temporadas. 

3. Ao Haru Ride (2014)

Ao Haru Ride (2014)

Estúdio: Production I.G

Direção: Ai Yoshimura

Episódios: 12

Ao Haru Ride foi uma das poucas adaptações de shoujos românticos que tivemos na última década. O anime conta a relação entre Futaba e Kou. Sem se resumir ao romance, ainda discute a importância de aceitar a si mesmo e lidar com o passado. O anime adaptou o mangá de Io Sakisaka, publicado no Brasil pela Panini. Infelizmente o anime não foi popular em seu lançamento, tendo de ser interrompido precocemente em sua primeira temporada.

4. Sword Art Online (2012)

Sword Art Online (2012)

Estúdio: A-1 Pictures

Direção: Tomohiko Itō

Episódios: 25

Sword Art Online é um clássico que marcou o verão em sua época. A história começa com um sonho da maioria dos leitores, o de poder entrar em um jogo. Kirito é o nome de usuário do protagonista dentro do jogo, e tudo vai muito bem até o momento em que os personagens percebem que não podem sair do jogo até zerá-lo, pois morrer no mundo virtual, implicaria em morrer no mundo real. A obra completou recentemente 10 anos de seu lançamento e conta com diversas continuações e derivados.

5. Binbougami ga (2012)

Binbougami ga (2012)

Estúdio: Sunrise

Direção: Yōichi Fujita

Episódios: 13

Uma comédia com belas lições de vida, Binbougami é a história da jovem Sakura, abençoada com uma energia de sorte tão abundante que chega a prejudicar quem está ao seu redor, mas como ela sempre teve uma vida rica e solitária nunca se importou com isso. Os céus decidem resolver essa questão e mandam a deusa do azar para equilibrar as coisas. O anime é recheado de boas referências, uma comédia leve, com uma forma simples e delicada de repensar a nossa sorte.

6. Baccano! (2006)

Baccano! (2006)

Estúdio: Brain’s Base

Direção: Takahiro Oomori

Episódios: 13

Baccano! é uma animação magistral e merece destaque. A obra adapta a light novel de Ryohgo Narita e Katsumi Enami. Situada em 1930, acompanhamos diferentes personagens tragados por uma grande conspiração: Uma agência que vende informações, um garoto fugindo da máfia e um culto à imortalidade, conduzindo a mistérios que misturam o real ao sobrenatural.

7. Welcome to the N.H.K (2006)

Welcome to the N.H.K (2006)

Estúdio: Gonzo

Direção: Yusuke Yamamoto 

Episódios: 24

Conta a vida de Satou Tatsuhiro, um jovem de 22 anos que se afasta de qualquer contato social, vivendo apenas dentro de casa com suas conspirações. É um retrato da realidade que se apresenta de forma cômica e dramática em Welcome to the N.H.K, algo que faz da obra um clássico atemporal. O anime se mantém atual com suas reflexões em temas como a depressão, o isolamento e o perigo que existe no hábito de escapar da realidade para viver de fantasias.

8. Serial Experiments Lain (1998)

Serial Experiments Lain (1998)

Estúdio: Triangle Staff

Direção: Ryutaro Nakamura

Episódios: 13

“Present day, present time…”

Serial Experiments Lain é uma animação que se mantém conectada até os dias de hoje. A história da tímida garota Lain que não conhecia nada de computadores, e que se envolveria de forma abstrata com o mundo da rede Wired, possui gêneros narrativos na mesma categoria de obras que estiveram em alta na sua época, discutindo o futuro da tecnologia digital e a ideia de conexão humana dentro e fora do mundo real (como em Ghost in the Shell, Evangelion, Matrix). Lain é um experimento animado de seu tempo e uma obra que segue com vários elementos interpretativos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.